Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



(30)

14.04.12

"Vivemos com suposições tão fáceis, não vivemos? Por exemplo, de que a memória é igual aos acontecimentos mais o tempo. Mas é tudo muito mais acidental do que isso. Quem foi que disse que a memória é aquilo que pensávamos ter esquecido? Para nós devia ser óbvio que o tempo não atua como fixador, e sim como dissolvente. Mas não é conveniente - não é útil - acreditar nisso; não nos ajuda a seguir com a nossa vida; por isso ignoramo-lo."

 

O Sentido do Fim, Julian Barnes, p.69

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:25


2 comentários

Imagem de perfil

De Marco Neves a 29.01.2014 às 01:05

Olha, por acaso há bocado escrevi um post sobre o Julian Barnes. Sai amanhã :)
Imagem de perfil

De Carolina a 29.01.2014 às 12:26

Ah, vou ver! Eu devorei este livro, mas os outros que ele escrevou não me atrairam. Já estive com os "niveis da vida" na mão, mas não me convenceu :(

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog


Posts mais comentados